21.9.06

A Praia de Toronto

Quem foi que disse que não tem praia em Toronto?

Continuando nossas andanças pela cidade com a finalidade de decidirmos qual a vizinha que vamos "montar acampamento", hoje fomos andar pela bonita região conhecida como The Beach (extremo leste da cidade). Fizemos nossa caminhada pelo Waterfront Trail a beira do Lago Ontário.

Isso mesmo. Trata-se de uma praia de água doce e eu não fugi das aulas de geografia tão bem ministradas pelos meus queridos pais (mamãe até a oitava série e papai até o terceiro colegial). O que torna a região linda é a longa pista de cooper e a bem distribuida natureza em torno do parque que acompanham o lago Ontário na região chamada, não sem motivos, por Grandes Lagos.

Toronto é uma das 25 cidades que rodeiam o lago e sobem acompanhando o fluxo do Rio São Lourenço que encontra a província de Quebec. Em determinado ponto do passeio à beira do lago, se traçarmos uma reta imaginária através do horizonte (adoro fazer isso! - contemplar rios, lagos e mares é uma das minhas paixões) encontramos, do outro lado, a cidade de Rochester no Estado de Nova York, nos Estados Unidos.

Passeamos em meio às casas rodeadas de muito verde e bem cuidados jardins. Um cenário de total bucolismo dentro da cidade. Nada que 40 minutos de transporte público não nos leve de volta ao centro da cidade.

Ainda na ZL (zona leste) de Toronto, visitamos os arredores da estação Coxwell do metrô. Alias, andar de transporte público (TCC) em Toronto é muito fácil e tranquilo. Exige apenas um mapa em mãos e um marido GPS (Global Position System) para que a esposa aprenda em pouco tempo a saber lidar com os "East" (leste) e "West" (oeste) da vida. Prático sistema "bússola" que não usamos no Brasil, com exceção de Brasília que utiliza as divisões de Asa Norte, Asa Sul e por aí vai.

Visitamos também outro orgão que oferece aconselhamento e ajuda ao imigrante sobre aluguel de casas e apartamentos em Toronto. Há vários espalhados pela cidade. Escolhemos o Woodgreen Community Services por ficar mais próximo ao hotel que estamos. Mais uma vez o belo "espírito" em atender e ajudar sem receber nada em troca que caracteriza o trabalho voluntario em favor de quem escolheu o país para ficar.

Com base nas dicas da simpática senhora que nos atendeu, orientamos nossas caminhadas pela cidade. Amanhã começaremos a ver alguns apartamentos também em North York. A Dani e a Carol já começaram a campanha para irmos morar lá. Veremos!

2 comentários:

Lizete disse...

Paulinha,Paulinha...Hoje vc está me testando mesmo!!Em nome de seu pai tb agradecemos pela menção às nossas aulas de geo.Voltei no tempo ,naquelas salas do Grupão onde trocávamos idéias ,sonhos ,ideais...Traçávamos
os mapas com uma precisão quase que cartográfica!!!(Mauricio tb)
"Morrice",isto vale para vc tb!Continuem seguindo as coordenadas geográficas ,que suas coordenadas
de vida ,serão sempre precisas!!!!
Beijos ,crianças!!!FuiiiiLizete.

Dani e Rafa disse...

É apenas uma campanha de incentivo, mas lembre que nosso prédio tem saida subterrânea direto para o metrô e quase não vamos passar frio profissional para pegar os TTC e nem passear :)).
Fiquem a vontade para decidir o melhor lugar, Toronto tem mtas opções (nós sofremos para decidir), mas se resolverem ficar por North York serão recebidos de braços abertos.

Ah! Adoro caminhar ou ir de bike pela The Beaches, no verão é maravilhoso.