18.11.06

Papai Noel levado à sério

Dia 19 de novembro, no ano de 2006 mais conhecido como domingo, vai acontecer o famoso e já tradicional desfile do Papai Noel aqui em Toronto. Advinhem quem estará entre as cerca de quinhentas mil pessoas esperadas para o evento? Euzinha mesmo, uma eterna criança segundo meu marido e eu mesma.


E como a cidade já está toda em clima de Natal, resolvi contar um pouquinho os motivos pelos quais este desfile de Toronto é tão famoso! O Toronto Star de hoje traz uma página com o trajeto da parada e os melhores lugares para ficar e a CTV (rede de televisão local) está há uma semana falando do evento e dando previsões do tempo para o grande dia!.


A Santa Claus Parade (Santa Claus é o nome do bom velhinho por aqui) foi realizada pela primeira vez em Toronto no ano de 1905 com apenas um carro alegórico. Hoje, com cerca de 1700 participantes (entre voluntários e empresas que apóiam) conta com 25 carros alegóricos. Os 6 kilômetros de extensão percorridos pelo bom velhinho, suas renas, mamães “noelas” e duendes, terão cobertura televisiva mundial para países como Nova Zelândia, Irlanda e Noruega.


Tudo isso porque o desfile de Toronto é o maior do mundo! O simpático velhinho de barba branca é mesmo muito chique e respeitado pelas bandas do hemisfério norte. O mesmo desfile (em menor extensão que o Toronto) é realizado em Hollywood na California, em Nova York, Austrália e Nova Zelândia! Façam seus pedidos. Eu já fiz os meus...


Este "post" foi uma homenagem às minhas queridas Rafaela (afilhada) e Claudinha (priminha) e à todas as crianças de todas as idades que, como eu, mantêm o espírito da infância vivo mesmo depois de tanto tempo já ter se passado!

Feliz Natal!

3 comentários:

lizete disse...

Que linda a homenagem...em seu post,às duas menininhas 'nossas"e..a todas as crianças de todas as idades!!Bjs.

Mirela disse...

Oi Paula, e aí, foram na parada? Gostaram?
Nós estávamos lá, com o frio e tudo! Valeu!

.::Ju::. disse...

Que lindo! Quero muito ver essa parada!! Sou uma criançona que nem vc Paula! Fico boba com esse tipo de coisa!

Beijos