10.11.06

Campeonato de Jó Quem Pô em Toronto (ops!)

Extra! Extra!

Amanhã a cidade de Toronto vai sediar o Campeonato Mundial de Rock Paper Scissors conhecido por aí como "Jó Quei Pô (como se fala mas como se escreve já um trabalho para o professor Pasquale). Atire a primeira "pedra" (opa, neste jogo não vale atirar nada) quem nunca brincou disso quando era criança!

Cansado de não ganhar nada nas competições de natação, volei e futebol do seu bairro ou da escola? Seus problemas acabaram! Venha para cá, seja um campeão e ainda ganhe muitos prêmios! Para tanto, basta apenas dominar a milenar e ultra-mega complexa técnica de jogar a palma de uma das mãos em punho fechado (pedra = rock), palma aberta (papel=paper) ou dois dedos abertos (tesoura=scissors)!

Resta saber se você vai jogar Jenken, Jan Ken Pon (arrisco dizer que vem daí o nosso Jó Quem Pô), Roshambo, Shnik Shnak Shnuk, Ching Chong Chow ou Rock Paper Scissors - para citar alguns dos nomes da mesma brincadeira conhecida no mundo todo.

Leitores queridos, a digníssima pessoa que vos escreve (eheh) não está matando horas de busca de emprego para fuçar inutilidades na internet não! Isso que é pior ! Estava eu tomando o meu café da manhã e vendo o meu jornal diário da manhã só isso. Eis que me deparo com o entrevistado - o campeão mundial de rock paper e scissors que escreveu um livro e lançará amanhã durante o campeonato pode?

A cobertura teve direito a uns 15 minutos de TV com os apresentadores jogando no ar e tudo! Queridas ex-colegas de trabalho e amigas de sempre, já deu para ter uma idéia do tipo de cobertura "jornalística/eventos" que nós enquanto PR encararíamos por aqui né?

Bem, respeitemos a cultura alheia e lembremos que o que para nós latinos não passava de um jogo recreativo infantil, nos países anglo-saxões é conhecido como uma ferramenta de tomada de decisão. O motivo?

Está lançado o desafio para quem já está trabalhando por aqui. Alguém aí já viu em plena reunião um chefe e um subordinado "jogando" rock, paper scissors para definir o público alvo do próximo produto a ser lançado? Ou até mesmo para decidir qual o restaurante vão almoçar?

Desculpem amigos, hoje é sexta-feira e o Era do Gelo também é "Cultura inútil". Ótimo fim de semana para todos!

11 comentários:

Caldêra disse...

Eu sempre me dava melhor no 2 ou 1.
hahhahaahha
beijoca e mais tarde falamos!

lizete disse...

AH!!! este pra variar...tb foi fundo!!!Vó Luiza , Lola e euu..nos emocionamos:' ou pela meiguice do post..ou saudades ou..ainda um retorno á longínqua...(nossa ,é,claro) ..INFÂNCIA!!! QTo, brincar disso com saquinhos !!!"" Beijão,nossos..querida!!

.::Ju::. disse...

Nossa....Jó quem pô!! Aprendi junto com o Alex Kid! Que emoção! =)

Ah,tb adorei o post de baixo! Meu sonho é ter um personal stilist mesmo que por uma hora! Tipo o pessoal daqueles reality shows que tem suas roupas velhas jogadas no lixo! Sei que não é bem assim, mas provavelmente será (espero!) minha experiência mais próxima disso! rs

Obrigadão pela ajuda no blog, Paula! Valeu mesmo! =)

Beijos!

Carol disse...

Oi,
tudo bem? Estou conhecendo agora o seu blog e estou adorando. Também sou jornalista e tenho uma dúvida grande em relação a tentar ou não manter a minha profissão quando imigrar para o Canadá. Vc sabe se o nosso diploma é aceito ou teremos que que fazer novamente a faculdade?
Se vc puder responder... vou ficar muito grata.

Paula Regina disse...

Oi Carol seja bem vinda! Como vc não deixou nenhum contato vou responder aqui mesmo. Em primeiro lugar, apesar de ter o diploma de jornalismo exerci toda a minha carreira no Brasil em assessoria de imprensa (por aqui conhecido como PR ou Public Relations) e os últimos 4 anos especializando-me em comunicação empresarial (por aqui conhecido como corporate communications)então a minha carreira não é em jornalismo de redação.
Segundo fato importante é que no meu caso não vim para o Canadá tendo a carreira como primeiro fator de decisão mas sim a qualidade de vida, então quando saí do Brasil já tinha em minha mente que se precisasse mudaria de carreira sem problemas. Inclusive já com as opções em mente que eu poderia exercer por aqui.

Quanto ao diploma, depende do que vc pretende. Para a carreira que eu exercia no brasil (corporate communications) não preciso validar por aqui.

Fazer outra faculdade - eu mesma pretendo fazer uma faculdade aqui mas não outra faculdade de jornalismo. Vc pode por exemplo fazer uma especialização, pós, etc. e isso só dá para analisar melhor quando chegar por aqui.

Sei que é natural passar todas estas dúvidas em nossa mente enquanto ainda estamos no Brasil mas muitas coisas vocês só vai conseguir ter uma melhor noção quando estiver aqui. Algumas dicas para quem trabalha com comunicação e quer vir (assessoria de imprensa, redação)

1- Venha com uma segunda opção de carreira em mente (habilidades que vc tem e que poderiam ser úteis em outro setor que não o seu) e aberta à adaptações (lembrando que a nossa matéria prima de trabalho é o idioma e por mais fluente que vc seja quando deixa o país o grau exigido nesta área sempre vai ser MASTER).
2-Deixe para analisar tudo que diz respeito ao diploma somente quando estiver em terras Canadenses pois quando chegamos por aqui recebemos um grande suporte do governo com relação a tudo e inclusive este assunto. Eu mesma ainda não traduzi o meu.
Acho que é isso vou parar por aqui senão vira um post.

bjs e qualquer coisa da próxima vez me deixa um e-mail que te respondo direto.
Paula

Rafaela /Claudia disse...

Querida!!!! claudinha e eu tambem conhecemos e jogamos o Jô quem Pô. Quando estavamos em Sao Paulo, com vc no restaurante do frango enquanto esperavamos .... ficamos jogando.
bjs Claudia e Rafaela

Jeanne disse...

Sera que tem campeonato de STOP tb?
rsrsrs

neuzahumerf disse...

Paulinha, adorei saber que este jogo é coisa séria ai em Toronto.Cultura é outra coisa, não?
abraços da Neuza.

Cristina disse...

Oi, Paula! Sou amiga da Leslie e estou adorando seu blog! Este post me fez lembrar de quando eu morei aí em Toronto, apenas como estudante, e lia os jornais grátis do metrô e me espantava com cada notícia de importância ínfima para nós, brasileiros acostumados a tantas desgraças... Enfim, é até mesmo invejoso esse mundo desenvolvido em que algumas pessoas tiveram a sorte de nascer, né? De qualquer forma, estou acompanhando sua saga imigrante e estou adorando e torcendo pra que tudo de bom aconteça aí!! Bjs! Cris

Dani e Rafa disse...

Oi!!!!
Coloquei uma missão lá no meu Blog para vc :))
Bjs

lizete disse...

EBA!!!!valeu,..Neuza H...Parabéns!!Mais uma mamãe..para dar força pros nossos meninos!!!!É isso ,aí..
Bjs