14.3.07

6 meses de Canadá

Hoje estamos comemorando meio ano de Canadá e estamos muito felizes e satisfeitos com a escolha que fizemos. Desde que chegamos muito já fizemos e conquistamos e temos certeza que muito ainda há para aprender, viver e conquistar neste grande desafio que é imigrar.

E para não deixar passar em branco esta data passei para registrar nossas reflexões desta semana sobre tudo que estamos vivendo. Estava eu dizendo ao querido marido que quando eu estou no meu dia a dia por aqui (no trabalho e na escola à noite falando e interagindo em inglÊs) não sou “eu” Paula (aquela Paula que ficou no Brasil) mas sim outra “Paula”(a Paula daqui). É incrível como esta relação entre as emoções e o idioma é forte. Alguém já parou para pensar porque alguém que domina mais de um idioma quando fica muito bravo ou nervoso solta o palavrão no idioma mãe – por mais que domine o segundo idioma? Pois é...

Aí vem o marido e completa brilhantemente a reflexão – “Claro que você é outra pessoa pois você não somente está agindo em outro idioma mas esta se reconstruindo”. Isso! O imigrante se reconstrói a todo momento se é que vocês me entendem. Reconstruímos nossas rotinas, nossos hábitos, alimentação, colegas de trabalho, clima, roupas, literalmente tudo.

E por falar em relação das emoções com o idioma, esta semana conheci os dois lindos perdigueiros da minha “chefa” e quando vi estava brincando com os cães e falando com eles obviamente em inglês pois estávamos eu, ela e um primo dela. No momento me pareceu muito natural brincar com o cão e dizer “Hey buddy...” mas depois me peguei pensando “meu deus como é estranho brincar com cachorro em outro idioma!”

Outra técnica que a sobrevivência no trabalho nos faz desenvolver é cochichar em inglês! Sabe quando você está falando sobre alguém e de repente abaixa o tom quase que sussurando? pois é cada vez que me pego nesta situação (obviamente provocada por terceiros) eu paro e penso "agora a casa caiu!" e na maioria das vezes ela cai mesmo aí é só sorrir concordar e seguir em frente! São estes detalhes simples que tornam a experência de viver em outro país tão rica pois as mínimas coisas que fazíamos de um jeito agora estão sendo reconstruídas de outra maneira e por conta de ser em outro idioma sentimos isso de maneira mais forte ainda.

8 comentários:

Dani disse...

Mazulca,
quer dizer que vc já está cochichando sobre seus colegas de trabalho?!! Cuidado, hein!..rs

Felicidades e parabéns para vcs por todas as conquistas desses primeiros seis meses.

Não se trata de sorte e sim, mérito, esforço e planejamento.

Beijos pra vcs dois.
Zuina

ROGÉRIO & LUCI disse...

Paula e Mauricio,
Parabens pelos seis meses de Canada e obrigada por comparecerem na comemoracoa do meu niver.
Felicidades!!!

Jeanne disse...

Que legal, 6 meses! Deve ser uma delícia poder comemorar essa data com tantas experiências boas pra contar.
Acho que a melhor parte de ser imigrante é a "reconstrução" da vida. Nem todo mundo tem uma segunda chance pra começar tudo de novo, né?
Parabéns pelas conquistas!
Bjs

Luly :) disse...

Oi dois,

Parabéns pelos 6 meses de Canadá! Nós estamos prestes a completar 1 ano!!

Sabe que eu acho o povo daqui meio fofoqueiro?? Deve fazer parte da cultura deles... Tb estranhei muito e na minha empresa é igual!

Bjos

Leslie disse...

Vou mandar um kit Johnson's baby para vcs... afinal vcs estão completando 6 meses!!! Ahahahahahah!!!
Amigos, que venham outros 6, dez, doze meses (ups, um ano!!) Nossa o tempo voa mesmo hein! bjs da amiga le

Nanny Kyrillos disse...

Oi Paula e Maurício,
parabéns pelos 6 meses de Canadá.
Eu me divirto muito com essa coisa do idioma. Sempre falo pro meu marido que tudo fica mais simples, quando eu não quero ouvi bobagens eu desligo o Inglês...rs..rs...
Sobre as emoções, certíssimo o que vc escreveu, sempre aflora na língua mãe!

Nanny Kyrillos disse...

Oi Paula, tudo bem?
Obrigada pelo post e pela ajuda.
Nós já compramos um microondas bacaninha na Canadian Tire. Obrigada pela oferta.
Estamos atrás de um liquidificador agora..r.s.r.s..rs..
Bjs

Alexandra disse...

Paula,
Realmente, idioma é uma coisa interessante. Eu também sou apaixonada por aprender novos idiomas e conhecer novas culturas mas confesso que sou uma pessoa diferente em ingles. Nao tem nada a ver com proficiencia - eu aprendi com 6 anos quando morava nos EUA, falo sem sotaque e depois de 7 anos no Canada vivendo 100% em ingles (meu marido é canandense e nós falamos ingles em casa), eu posso dizer que se vc me acordar e me perguntar algo em portugues quando eu ainda estiver meio dormida eu vou responder sem ingles. É o idioma default no momento. Mas sempre digo ao meu marido que existe sim uma diferença na minha personalidade quando estou falando portugues e quando estou falando ingles.

Acho que isso é relacionado com a forma de pensar de idiomas diferentes.

Parabens pelos 6 meses no Canada!