14.12.06

TRÊS meses de Canadá

Há 91 dias, 2.184 horas e alguns minutos e outros segundos, pisávamos em solo Canadense! Aqui não cabe a expressão - “Nossa parece que foi ontem“. Ao contrário, parece que foi há dois anos, tamanha a velocidade de tudo de novo que acontece.

E para comemorar nossos 3 meses de Canadá, pouco antes de celebrar a minha nova versão 3.2, resolvi elencar algumas constatações para lê-las quando comemorar 3 anos só para ver o que mudou, ou não, como diria Caetano Veloso.

Categoria NÃO TEM PREÇO - Coisas que eu estou adorando TER por aqui

Paz, segurança e tranquilidade para andar pelas ruas a qualquer horário do dia.
Ir e Voltar de metrô de um jogo de futebol, à noite, com todas as torcidas ocupando o mesmo espaço em plena harmonia.
Tecnologia !!!!!!!! Acessível e mais barata
Um sistema de transporte público que funciona. Um metrô que, embora mais sujo e mais lento que o de SP, funciona bem e me leva para todos os lugares da cidade
Uma FENOMENAL rede de biblioetcas públicas espalhadas pela cidade. Claro que bato ponto semanal em um dos maiores centros que fica há minutos de casa.
Estou na terra do Barenaked Ladies, banda que já adorava lá do Brasil influenciada pela querida Bruninha.
Filosofia de vida faça você mesmo que valoriza a independência do indivíduo. Empacote o que comprou na loja, passe o seu cartao na maquinha, lave sua própria roupa, seja responsável pelo que faz. Quase tudo é SELF SERVICE!

Categoria PASSO BEM SEM - Coisas que eu estou adorando NÃO ter por aqui
Domingão do Faustão
Narração do Galvão Bueno
Pânico na TV
Grupos de Axé e afins
O ultimo hit do momento tipo “Festa no apÊ” que inferniza a sua cabeça grudando como chiclete durante todo o carnaval.
Medo de ser assaltada nos faróis
Ter que ouvir todo fim de ano a música “então é natal…” na bela voz da Simone que foi inventada para cantar sambas genuínos e não musicas natalinas.
Falta de respeito, de eduação, gente furando fila e querendo passar a perna no próximo.
Alagamentos e enchentes de verão. Quem mora em São Paulo capital sabe o inferno que todo ano precisa enfrentar.
Enxurradas de motoqueiros cortando os carros no trânsito.
Calor em excesso.

O que eu faço hoje e não fazia no Brasil
Limpar privada.(calma, no Brasil quem limpava era a minha faxineira, só esta a diferença) Bem, ao menos limpo só a minha e não a dos outros (sempre pode ser pior)
Usar aspirador de pó (acho que desde os meus 10 anos de idade não pisava em uma casa com carpete pois isso foi moda no brasil nos idos de 80. Aqui por conta do frio, muitos aptos possuem um fofo e aconchegante carpete
Comprar a sagrada cervejinha em uma loja especializada. Em Ontário não é permitido a venda de bebida alcólica nos supermercados.
Temperar a água das torneiras da pia e banheiro (virou mexeu eu ainda queimo a mão .. Ainda domino esta técnica)
Dominar os mistérios do mundo subterrâneo. Explico: o prédio onde moramos faz conexão subterrânea com o metrô, mercado, cinema, biblioteca e uma série de outros serviços. Dá até para se sentir um verdadeiro ratinho.
Assistir ao House (um dos meus seriados preferidos) sem legenda! Sofro um pouco ainda por conta das doenças e termos médicos em inglÊs mas chego lá.
Emprestar aspirador de pó da vizinha. No Brasil, a relação mais íntima que tive com vizinhos em prédios era do bom dia e boa noite mesmo. Em tempo, a minha gentil vizinha é de Salto e eu sou de Boituva (para quem mora fora do estado de SP, são duas cidades vizinhas do interior do mesmo estado) e fomos nos encontrar em Toronto. Eita mundão de deus!

Só para não passar em branco os 3 meses. E por falar em branco, alguém aí pode parar o aquecimento global? Estamos no meio de dezembro com temperatures de inverno sul Americano e caiu apenas uma nevinha muito da levinha até agora.

4 comentários:

.::Ju::. disse...

Oi Paula!

Acho que o maior privilégio é certamente não ter qu ouvir a Simone cantando "Então é natal...". Meu Deus! Parece que é a única música natalina que toca no Brasil. Motoqueiros, alagamentos e trânsito de São Pauo tb é uma coisa que não me fará falta alguma!

Parabéns pelos 3 meses! Espero que vc continue precisando limpar só a sua privada!

Beijos!

Andrea disse...

Paula, você esqueceu da categoria SINTO FALTA! (Será que tem alguma coisa, além é claro da família??)
Beijos, parabéns a vocês, e continuem a ter sucesso.

Jeanne disse...

Nossa, parece que fui eu que escrevi este post, principalmente a parte "PASSO BEM SEM". Eu realmente não sei o que é pior: os motoqueiros te aterrorisando no trânsito ou "os grupos de axés e afins"
Quanto ao calor e as enchentes, sei exatamente do que você está falando. Eu odeio calor em excesso, derreto e não sirvo pra nada.
Parabéns por ter passado pela fase dos "3 meses de experiência". Está aprovada para ser uma canadense!
Bjs

Luly :) disse...

Pois saiba que VOU sentir falta da Simone cantando "Então é Natal"... :-(
Meu pai adora a Simone e todo o Natal a gente ouvia o CD sem parar...

Que saudaaaaadddeee!!!

Bjos