20.12.06

O mundo maravilhoso de UM DOLLAR

“Era uma casa muito engraçada. Não tinha teto, não tinha NADA!! …Ninguém podia fazer “pipi” porque pinico não tinha ali”…

A letra acima, cantada ao som dos clássicos violão e voz de Toquinho, sempre me pareceu muito meiga e boa de se ouvir. De se ouvir, porque entrar em uma casa como esta que, embora com teto, parede e lugar para fazer pipi (sem pinico como diz a letra claro né!) não tinha nada, dá trabalho...

Por isso, ao invés de ouvir os lindos (mas calmos) clássicos do Toquinho, estou mesmo é colocando um bom (pesado) e velho Rock´n Roll enquanto organizo tudo para ter energia para tanto trabalho.

E para a salvação do imigrante, que por aqui chega com suas economias contadas e está precisando economizar em tudo neste começo de vida, existe o Mundo Maravilhoso de UM dollar!

Todas as minhas vizinhas daqui a querida Zuina já haviam me falado da loja, mas nada como a sua própria experiência! Ontem consegui tirar o dia para as compras. Eu e a “multidão enfurecida”(licença poética dos Titãs) que fazia compras para o Natal.

Com uma diferença báaaaaasica. Enquanto todos compravam decoração de natal, presentes e cartões, eu buscava presentes para a cozinha, banheiro e sala. E os encontrei todos. Tudo pela bagatela de UM DOLLAR!

Onde? Na Dollarama do Dufferin Mall. Por aqui há várias marcas deste tipo de lojas de um dollar (Dollar Store, Buk or Two). Eu já havia entrado em outras mas a Dollarama realmente surpreende. Segundo a minha vizinha Luci até espátula de chefe de cozinha que suporta altas temperaturas e, no Brasil, ela tinha que procurar em casas specializadas, na Dollarama tem por Um dollar. Ótimo não?

O fato é que eu trouxe para casa toda a minha listinha desde assadeiras, ralo de pia de cozinha, saquinho para lavar roupa na máquina até pratos e copos. Enquanto isso, pais montavam pacotes de presentes para seus filhos com muitas coisinhas divertidas e coloridas que há por lá também.

No Wall Mart, do mesmo Mall, encontrei a almofadona (longa para dois) que queria para jogar no chão por $13. Segundo meu querido marido uma excelente compra (sim, porque sofá por aqui só lá pelo fim de 2007).

E para quem está aqui e ainda não comprou as meias de inverno e segunda pele para homem, o Wall Mart está com várias promoções. Aliás, o Dufferin Mall (que não é perto para quem mora aqui em North York mas possui fácil acesso de metrô - foi como eu fui) está inteiro em CLEARANCE (como eles chamam queima de estoque com preços mais baixos por aqui).

Ufa! Pelo menos agora não terei mais que emprestar a assadeira da vizinha que salvou minha vida dia destes para assar o almoço do marido que, como todo Torontense leva sua marmita para o trabalho. Se terei que voltar lá?

Certamente muitas vezes mas pelo menos agora posso esperar a multidão se recolher com suas compras de natal para voltar. Não dava para esperar até 2007 para comprar coisas essencias para a casa que apesar de não ter “pinico” agora tem prato, copo, assadeira, ralo de pia e outras cositas…

8 comentários:

Zuina disse...

Paula! Dollarama, Dufferin Mall... me senti em casa com o post!

Não te dizia que esse lugar é um achado?! De saca-rolha a copos, passando por escumadeira e embalagens de presente, eu fiz muitas comprinhas lá!

Sem contar nos chocolates, que tb são baratinhos.

Paul, estamos pra entrar em férias coletivas! No dia de Natal eu embarco para o Rio Grande do Sul. Vou visitar aquele casal de amigos que moravam aí. Eles voltaram para o Brasil em setembro e agora estão morando em Lajeado.

Vou me acabar com os vinhos!

Queridos, um abraçao em vocês.

Fabi disse...

Fala a verdade, ainda está para nascer loja mais útil do que essa!!!!!!!!! Lembro da primeira vez que entrei na Dollarama fiquei pensando "mas, tudo aqui é um dollar mesmo"??? E não é que era? Depois descobri que essa reação é mais do que comum!!!

bruna disse...

Paul, último dia na J&J em 2006! Amanhã temos uma reunião/integração com mkt fora daqui e eu só volto em fevereiro! Vou descansar muuuuuuuuito! Passo uma semaninha na Bahia pegando uma praia, depois vou pra Ibiúna descansar mais um 'cadinho! Tudo de bom para vocês, um final de ano maravilhoso e beeeem branquinho de neve - hopefully!!! Beijão.

Jeanne disse...

Na época em que o Dólar e o Real tinham pouca diferença eu também fazia a festa nas lojinhas de 1 Real aqui no Brasil.
Nada melhor do que comprar coisas legais e baratas!
Bjs

Anônimo disse...

Dollarama!!! Tudo de bom. Só quem já foi fazer compras lá é que entende!!!! Um bj
Eli (de Montreal)
(brunellotestte@yahoo.ca)

Dani e Rafa disse...

E o melhor de tudo é que toda semana tem novidade!!! Vc nunca se cansa de passar por lá.. Bjs

Lígia disse...

Olá! Me chamo Lígia e moro em Santo André- SP.Estou adorando ler seu blog...desculpe mas caí aqui de pára-quedas, pois depois de passar 18 dias aí pelo Canadá me apaixonei pelo assunto...Agora estou aqui pensando, que droga, não entrei em nenhum dollarama...
Felicidades!

Leo disse...

Olá,

Feliz Natal e um próspero Ano Novo. Que o ano de 2007 as conquistas sejam cada vez maiores!
Iremos em junho para Montreal já como residentes permanentes.

Boa sorte,

Leo e Aline