17.3.08

Vamos ao teatro - para rir muito!

Sábado que passou fomos até a cidade vizinha de Waterloo, com alguns colegas de trabalho do Maurício, conferir a peça "Defending the Caveman" (Defendendo o Homem das Cavernas).


Aclamado pelo público e pela crítica (O New York Times descreveu como "um fenômeno de comédia"), o monólogo que está a mais tempo em cartaz na história da Broadway, corre mundo afora em mais de 30 países (infelizmente para quem está no Brasil ainda não pode conferir o espetáculo) fazendo o público morrer de rir em 15 idiomas diferentes. Mas se você está no Canadá e o espetáculo estiver na sua cidade, não pense duas vezes! É hilário e impagável!


Como não havia mais ingressos na época em que a peça estava aqui em Toronto, fomos até Waterloo e vale muito à pena a viagem de cerca de um hora para você que mora aqui. Escrito pelo Californiano Rob Becker, em 1991, o roteiro hilário e muito verdadeiro (prepare-se para morrer de rir e encontrar muitas verdades também!) parte da premissa que o homem das cavernas e a mulher das cavernas viviam na mais perfeita harmonia porque entendiam bem os seus respectivos papéis. Aí homens e mulheres modernos evoluíram com a sociedade moderna em modos totalmente diferentes, ainda assim trazendo seus instintos básicos dos tempos das cavernas com eles.


A inteligência do roteiro, a extrema competência do ator Michael Van Osch, Canadense nascido em Waterloo, dão ao espetáculo a combinação perfeita para o que chamo de uma verdadeira obra de arte! Simplesmente SENSACIONAL! Sem falar que para um monólogo ser de fato muito bom, eu diria que mais de 50% da responsabilidade está nas mãos do ator. E se o mesmo não é bom, não há roteiro que segure. Aqui, ambos são fantásticos!


O ator começou sua carreira estrelando produções da Broadway como A Few Good Men (espetáculo que, em 1992, virou filme estrelando Tom Cruise, Demi Moore e Jack Nickolson), Lost in Yonkers e A Midsummer´s Night Dream. Recentemente atuou no aclamado video clip American Dream de Casting Crowns.


O espetáculo é para todos aqueles que reconhecem que há diferenças natas entre homens e mulheres e querem rir muuuuito mas muuuito mesmo! Eu havia me esquecido como é bom chorar de tanto rir !

2 comentários:

Isabella disse...

Oi Paual, quando passar por aqui vou conferir. Valeu a dica!

Isabella disse...

Oi Paula,

No dia 18 de ABRIL vou fazer uma blogagem coletiva sobre o filho autista de uma amiga. Se vc quiser participar, é só passar lá no TQG.

bjs e obrigada!