10.9.10

Terapia celular

Faz tempo que não uso esse espaço como terapia em grupo! Mas preciso desabafar:) Serei eu um ser de outro planeta ou o mundo está muito conectado no celular? Nunca tive uma boa relação com esse aparelhinho tão amado por muitos. Sei de gente que leva até para o banheiro e para a academia, praticamente um outro membro do corpo da pessoa. Já euzinha affe... se eu lembrar de recarregar o bichinho de vez em quando já faço muito!

O pior é que essa minha relação mal resolvida com o celular não vem de hoje. Não é porque agora tenho o Arthur e mil tarefas a mais por dia para cumprir não. E olha que a minha formação é em jornalismo, trabalhei mais de dez anos com comunicação empresarial, sempre tive celular mas sempre encarei como obrigação do trabalho e coisa e tal. Acho que só comprei meu primeiro startac da motorola justamente porque o trabalho me obrigava. Hoje, o trabalho não me obriga. O meu filho não precisa de celular para me dizer se quer mamar ou coisa do gênero:)

E a coisa só piora! Deve ser trauma de infância não é possível! Aí os amigos sofrem (né Kati e Luly?). Dia desses rimos muito porque uma delas ficou tentando me ligar desde o meio dia e só conseguiu falar comigo lá pelas sete da noite. Disse ela que na primeira hora achou que eu estivesse no metrô, sete horas depois quando finalmente atendi ela me perguntava se eu ainda estava no metrô:) Resumo, eu tinha saido passear e deixado o celular em casa, no vibra. Aí fica difícil né?

Eu juro que tento melhorar. Não quero chegar ao estágio ultra dependente mas já me contento se algum terapeuta me ajudar a conseguir lembrar que o bichinho existe e passar a carregar mais vezes comigo para cima e para baixo. É engraçado e trágico ao mesmo tempo. O engraçado é que o mesmo não acontece com outras mídias. Tenho blog, perfis nos facebook e orkut da vida e e-mail. O negócio é com o telefone mesmo. Então fica aí a dica. A maneira mais fácil de falar comigo mesmo é o e-mail que checo várias vezes diariamente. Ah, e caso você tente me ligar já vou logo avisando que passo váaaaaaarias horas por dia dentro do metrô:)

2 comentários:

Luly :) disse...

Eu acho que o pior é que além de passar o dia inteiro "no metrô", vc ainda perdeu de comer uma picanha e tomar uma cervejinha!!!!! :-)

Bjos

Bruna M. disse...

Oi Paula!
Me identifiquei com teu post, meu celular também só serve para enfeite..e pior, na minha cidade nem tem metrô..ahaha
Beijo