15.6.07

mão de obra qualificada x mão de obra não qualificada


O eterno dilema que tanto atormenta estudiosos e condutores de políticas de imigração vem esquentando os debates na mídia Canadense. O Financial Post de hoje traz uma matéria que trata da dissonância entre o sistema de imigração Canadense que privilegia uma mão de obra mais "acadêmica" por assim dizer e a crescente demanda no país pela mão de obra menos "acadêmica" (longe de precisar de diploma para sua execução).


Não sei se o termo que escolhi para traduzir o "lower-skilled x high skilled" é o mais apropriado mas de qualquer maneira, na prática, o que acaba querendo dizer mesmo é que a pontuação do sistema de imigração é muito centrada em diplomas enquanto que o grande volume na necessidade de mão de obra, na realidade, não tem relação direta com a academia. Esta é a principal crítica dos que defendem uma reforma no sistema.


O artigo lembra que o que hoje está mais grave na províncea de Alberta devido ao estupendo crescimento do setor de energia e acrescenta que o dilema se espalhará logo logo para todo o país. Vale a leitura de mais um dos muitos artigos que tenho acompanhado na imprensa nacional sobre este assunto.

Eu, pessoalmente, ainda não tenho nem tempo suficiente aqui no país e nem mesmo autoridade para chegar a uma conclusão sobre qual seria o ideal balanço desta equação. Entretanto, como gosto bastante do assunto, tenho lido e observado de perto, de uma coisa agora eu tenho certeza: a decisão de imigrar deve ser encarada como "viver a experiência de imigrar, viver em outro país com melhor qualidade de vida e melhor desenvolvimento humano" pois se ela estiver única e exclusivamente calcada em desenvolvimento de carreira pode acabar dando com os burros na água não por incompetência de quem imigrou e muito menos por falhas no sistema de imigração mas simplesmente como resultado de uma das leis mais antigas - e por vezes draconiana - da economia: a lei da oferta e da procura.


Bom fim de semana à todos!


<

4 comentários:

Leslie disse...

Amiga, adorei falar com vc hoje! Me ligue quando quiser para matarmos as saudades. Vou te incluir em nossas conversas de departamento todos os dias... pode esperar! Ah, e AMEI as fotos!!! SDS, mts SDS... bjs

Chris disse...

Oi Paula, tudo bem???

Interessante e ao mesmo complicada essa questão da mão de obra qualificada para imigração e a crescente demanda pela não qualificada! Concordo com você, realmente difícil chegar a uma conclusão!
Ah, adorei também seu post anterior, sobre o dia dos pais canadenses e a origem desse dia tão especial!
Beijos
Lu

Ana Celia disse...

Oi Paula,
gostei muito desse post...:) Super interessante.

Vi que vcs gostam de comida japonesa, vamos marcar um dia para irmos jantar ou almcoar?

Bjs,

doris disse...

OI Paula,

Tudo bom?
Voce nao me conhece, meu nome e Doris e adorei ler parte da sua estoria, e ri muito com a entrevista de emprego, e espero que ele tenha consigo o emprego.
Eu e meu marido estamos pensando em ir maoa o Canada, sou da area de humans e ja moramos nos USA por 7 anos.Gostaria de saber mais informacoes , se vc puder nos ajudar sera otimo.
Obrigada,
Doris