6.5.07

Nos bastidores da TV Canadense

Esta semana está fazendo dois meses e duas semanas que estou trabalhando na Parallel Communications (agência de comunicação e assessoria de imprensa no Brasil e Public Relations agency por aqui). Profissionalmente falando, a experiência tem sido muito valiosa pois embora o trabalho em si seja o mesmo que exercia no Brasil, o conhecimento da mídia canadense e dos contatos que surgem com ele só acontecem trabalhando por aqui.


E por conta de ossos do ofício, já comecei as minhas andanças pelos estúdios de TV Canadense acompanhando cliente em gravação de entrevista/matéria. Em dois meses de trabalho acompanhei três produções em duas emissoras diferentes.Todo assessor de imprensa sabe como isso é natural e parte rotineira do trabalho. Entretanto, o curioso é que no Brasil como a minha carreira nos últimos 4 anos estava mais focada para comunicação empresarial (dentro da Johnson & Johnson), o meu dia a dia estava muito mais ligado aos jornais de negócios e revistas de beleza.

Fiz muita TV quando trabalhei em agência mas sempre acompanhando a equipe no local do evento (os desgastantes links do Bom dia SP que tiravam todo assessor de imprensa da cama antes das 5 da manhã) mas isso há mais de 5 anos. O que está acontecendo aqui no Canadá é muita gravação e link (sim, aqui também já saí da cama 5 da manh para acompanhar cliente no BT ao vivo) direto no estúdio. Ok. Até aí tudo normal e rotineiro para o assessor de imprensa mas apenas para o assessor de imprensa.

Já havia me esquecido deste fascínio que a TV exerce nas pessoas, inclusive nos Canadenses. Uma das entrevistas ao vivo que acompanhei foi no Breakfast Television (o programa daqui que tira o assessor de imprensa da cama às 5 da manhã) em uma segunda-feira e por conta disso passei um e-mail avisando os professores do CanEX que faltaria da aula (durante o placement você precisa frequentar a escola toda segunda-feira ao invés de ir ao trabalho, ou seja, você trabalha 4 dias e vai para a escola 1) porque estaria em estúdio.

Pois bem, na segunda seguinte quando voltei para a escola fiquei sabendo que os professores tinham passado um aviso para a escola inteira (aqueles de auto-falante sabe?) informando que uma das "estudantes" estaria na TV. Resultado: tive que dar uma palestra sobre como tudo funciona em uma gravação no estúdio e tudo mais. Entretanto, o mais hilário mesmo foi a alegria e o entusiasmo com que os professores chegavam para mim e perguntavam: "Você conheceu o homem do tempo?? falou com o Frankie e com a Dina (os apresentadores)? Eu os assisto toda manhã!"

Pareciam crianças empolgadíssimas querendo saber todos os detalhes! E eu na naturalidade de todo assessor de imprensa respondi que sim que havia conversado com todos eles (confesso que por dentro estava também controlando a minha própria empolgação com tudo isso pois apesar de 8 anos fazendo isso no Brasil e conhecendo todos os famosos de lá também , agora é bem diferente em outro país, outro idioma, etc). Isso foi na primeira vez que fui para a TV.

Na segunda vez que fui para o mesmo programa, apareci em um rápido lance nos bastidores (os apresentadores tem mania de conversar com quem está nos bastidores - produção e assessores que estão acompanhando os entrevistados), o meu marido me viu na TV e falou no trabalho dele. Ah! foi o mesmo furduncio , a companheira de trabalho dele entrou na internet e baixou o video do dia. A TV realmente exerce um fascínio muito grande nas pessoas acho que por parecer algo meio inatingível, como se os apresentadores e repórteres destes programas não fossem humanos ou sei lá.

5 comentários:

Jeanne disse...

Paula,

Esse seu trabalho parece uma delícia de fazer, com excessão da parte de acordar 'as 5 da manhã, heheheh.
Boa sorte!
bjs

Carol, Ênio e Leila disse...

O nosso ofício é fascinante. rs Meu marido está comigo há mais de sete anos e, sempre que vou a algum evento com a presença do presidente, me pergunta o que o Lula falou. rs Eu faço assessoria de imprensa, mas como se fosse reportagem política. rs É meio esquizofrênico. Eu assessoro, mas também faço matérias e fico do lado de lá da cordinha, junto com os colegas jornalistas.

Carol

Leslie disse...

Amiga, cada mergulho um flash hein? Daqui a pouco vc será (re)conhecida no mundo do jornalismo canadense! Excelente!!! Que Deus continue te ajudando sempre... bjs da amiga le

Lu disse...

Oi Paula, tudo bem???

Adoramos conhecer vocês!!! Muito obrigada pelas dicas e pelo apoio! Agora, o seu trabalho deve ser fascinante mesmo! Quando comecei a ler seu post queria saber dos detalhes também!!! Muito legal!!!
Tudo de bom para você!
Um grande beijo
Lu

lizete disse...

É isso aí,menina!!Parabéns!!
Este tb é outro passo,para suas realizações profissionais!!Hee...Mauricio,isso de vê-la,por aqui,era privilégio meu!!Rsrsrs...
Beijãoooo..filha querida!!