6.10.08

Cegueira Branca

E se você fosse a única pessoa que pudesse enxergar?

Aqui em casa, ambos leitores de Ensaio sobre a Cegueira de José Saramago, estávamos muito ansiosos para conferir a adaptação da obra que começou a passar nos cinemas por aqui na última sexta-feira, 3 de outubro, com o título de Blindness. Fomos ontem e não nos decepcionamos! Um excelente filme, assim como o livro!

Fernando Meirelles simplesmente deu um show de direção e, na minha opinião, atingiu seus objetivos em fazer uma adaptação naturalista que fizesse com que as pessoas saíssem do cinema se perguntando “E se isso acontecesse comigo?” Provocativo, forte, impactante. Um clip sobre as misérias do caráter humano e suas consequências...

Isso sem falar nos efeitos visuais e de som utilizados para causar em quem assiste a verdadeira sensação da cegueira – a cegueira branca. Usar a luz branca como recurso de finalizar uma cena e iniciar outra. O senso de desorientação que a direção do filme atingiu ao usar e abusar de sons é incrível! 

Blindness – Ensaio sobre a Cegueira aí no Brasil – é um filme sobre a condição humana. Assim como no livro, não se trata de contar a estória de algum lugar ou tempo específico. Os valores humanos, seus limites, a moralidade e o que acontece quando uma sociedade toda é avassalada por um problema e apenas uma pessoa está em condição diferente? Aí entra a brilhante atuação de Juliane Moore, ela carrega o filme, a história é contada sob o ponto de vista dela. 

Outro mérito do filme foi o de ser bem fiel ao inteligente texto de José Saramago! Até o cachorro, que no livro é chamado de “cachorro das lágrimas”, está no filme. Segundo o próprio Fernando Meirelles, este foi o único toque que José Saramago deu a ele durante as filmagens, o de não esquecer do cachorro das lágrimas! 

Filme para pensar. Filme de metáforas e ao mesmo tempo tão real e naturalista. Filme muito bom. Excelente trabalho do Fernando Meirelles e de todo o elenco. Quem leu o livro e gostou muito da obra não sai do cinema desapontado com Blindness ou Ensaio da Cegueira aí no Brasil. O filme é nota mil! Como diz o slogan do filme por aqui: "You won't believe your eyes!"

*PS – Como a maior parte do filme foi rodada em São Paulo capital, outro exercício interessante para quem, como nós já morou ou mora na capital, é o de reconhecer cada viaduto, cada cenário mostrado nas externas do filme. Embora a produção tenha feito um excelente trabalho em trocar as placas com os nomes das ruas por nomes em inglês e cuidadar de todos os detalhes.

3 comentários:

Jeanne disse...

Eu AMO o Saramago e acho que este foi um dos melhores livros que ele escreveu. E o Ensaio sobre a Lucidez? Vc leu? É quase tão bom quanto o Sobre a Cegueira.
Eu vi o trailler do filme e uma reportagem do Alexandro Rossi treinando os cachorros para fazerem o papel de cachorro das lágrimas.
Fiquei numa angústia danada enquanto lia o livro e é como vc falou, ele leva à reflexão sim.
Bjs

Re disse...

Nossa, que bom ter esse feedback...nós dois aqui em casa lemos o livro e amamos! Estávamos em dúvida sobre o filme...mas agora vou correr pro cinema pra conferir :-)
Beijos

Rogério disse...

Seus últimos posts estão muito bons!!!

Além de instrutivos, estão com boas dicas.

Acho que este é o maior trabalho voluntário que você está envolvida por aí, rs...

Grande abraço!

Rogério Lima